Pantanal

O Pantanal, é um bioma constituído principalmente por savana estépica alagada com altitude média de 100 metros, situado no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul, além de englobar o Paraguai e a Bolívia.



Localização

Localização Geográfica de Pantanal
Latitude -19.29073 -19 17' 26''
Longitude -57.011365 -57 00' 40''





Telefones úteis de Pantanal
Telefone de Hotéis em Pantanal Hotéis

Sonetur

Pesca e Ecoturismo

www.sonetur.com.br

 3226-1177






Atrativos Turísticos
Patrimônio NaturalLagoaCicloturismoPesca EsportivaTurismo Rural
Transporte sobre �guaTerminal AquaviárioHotel




Sua constituição, única no planeta, é resultado da separação do oceano há milhões de anos, formando o que se pode chamar de mar interior.
A planície é levemente ondulada, pontilhada por raras elevações isoladas, geralmente chamadas de serras e morros, e rica em depressões rasas.

Pantanal - Seu Bioma


Chegar lá de bicicleta



A idéia de viajar de bicicleta surgiu na volta de um passeio na Usina da Fumaça em julho de 2006.
Gostaria de fazer um passei grande e que não fosse para o litoral.
Já namorava o pantanal pelo mapa desde a infância, logo pensei se minhas pernas dariam conta de me levar lá...
A bicicleta foi ganhada no sorteio de aniversário do Sr. José Braz no ano de 2003, uma bike muito simples.
Seis meses de muito planejamento e estudo de mapas foram necessários.
De última hora coloquei dois pneus mais lisos e um rolamento no pedivela monobloco normal.
Depois, coloquei uma garupa, onde levei a bolsa e um barraca em cima amarradas com cordas elásticas.
Abaixo, um alforge que foi desenhado por minha mãe e fabricado com lonas de caminhão pelo Aroldo, um amigo capoteiro funcionário do Rodoviário Líder .
No guidão da bicicleta levei uma prancheta com vários mapas detalhados.

Bicicleta com Alforge de Lona de Caminhão

A viagem se iniciou na cidade de Muriaé no dia 05 de janeiro de 2007.
Estava chovendo há vários dias, era o início das enchentes.
A saída da cidade foi pela MG-265, passando pelo bairro Santana por volta de 15:00 hs onde parei para comprar o primeiro filme da máquina.
A primeira foto, um cavalo puxando a carroça. Até então, para minhas pernas, aquilo não havia muito significado.

Saindo de Muriaé

Após andar aproximadamente uma hora, a corrente quebrou várias vezes.
Passei raiva! Cheguei na cidade de Miraí empurrando a bicicleta!
Mesmo irado, aquilo era muito pouco para pensar em desistir.
Andei 30 Km no primeiro dia. Bem abaixo do esperado!
Passei minha primeira noite por lá mesmo em um hotel.

Passando em Miraí

No dia seguinte, com uma chuva intensa, comprei uma corrente nova e segui rumo à Cataguases-MG.
O preparo físico estava muito bom, valeram os treinos, mas devido a chuva, as assaduras começaram.
No segundo dia cheguei até Rio Pomba-MG, onde arrumei um hotel para ficar.

Subindo a Serra da Mantiqueira

Como imaginado, o terceiro dia seria ainda pior: subir a serra da mantiqueira empurrando a bike para chegar em barbacena (coisa de doido)!

Topo da serra - Santa Bárbara do Tugúrio

No quarto dia peguei a estrada sentido Oeste.

Saindo de Barbacena rumo à Lavras

Um ótimo caminho com várias descidas até Tiradentes e São João Del Rei.

Estrada depois de Barbacena

A fome apertou!
Parada para um almoço feito em fogareiro a alcool e descanso em algum lugar legal da estrada.

Parando para fazer almoço

Lá na frente dava pra ver Tiradentes e a Serra das Vertentes ao fundo.

Serra das Vertentes ao fundo

Paisagens maravilhosas! Só de bicicleta para curtir tão intensamente!
Parava sempre em alguma sombra com alguma recompensa.

Circuito Grutas e Mar de Minas

A esta altura estava vendo muita água e aos poucos ia sentindo falta da mata atlântica.
Passei por enormes plantações de milho e cana no interior de Minas Gerais.

Placa - Circuito Grutas e Mar de Minas

Este lugar abaixo é Boa Esperança-MG. Uma cidade com um lago enorme!

Lago de Boa Esperança - MG

No outro dia peguei uns 40 km de estrada de chão.
No final, precisei pegar uma balsa até Carmo do Rio Claro-MG.
Cheguei exatamente na hora da última balsa. Se perdesse, teria que acampar por alí mesmo.

Represa de Furnas - Carmo do Rio Claro

A travessia demorou uns 40 minutos. Foi muito legal, várias pessoas estavam curiosas fazendo perguntas sobre minha aventura.

Atravessando a represa de balsa

Este foi um bom trecho da Estrada Real.


Minas Gerais sempre me surpreendeu...

Entrada para Carrancas - MG

Minha última noite neste estado foi em Itaú de Minas-MG.

Chegando em Itaú de Minas

Cheguei no estado de São Paulo pela rodovia SP-345 até a cidade de Franca-SP, onde tive ajuda de um camarada que me encaminhou até uma pensão para descansar.

Rodovia Engenheiro Ronan Rocha

No outro dia, fiz o maior trajeto pedalado: Franca-SP x Barretos-SP, uma distância de 130 quilômetros.

Loja de escapamento de Barretos

Já estava craque no pedal. Levantar e pedalar já era uma cobrança do corpo.
Rapidinho cheguei em São José do Rio Preto-SP.

Centro de São José do Rio Preto

Durante uma chuva havia uma moça em uma moto com um pneu furado na pista. Logo me pediu que chamasse um borracheiro na próxima cidade (Floreal-SP).
Após conseguir o socorro, um pessoal de um restaurante veio me perguntar que raios eu estava fazendo alí.
Depois de convencê-los que aquilo era um descanso mental fui convidado a passar uma noite lá.
Ganhei um prato enorme de arroz, bisteca e macarrão. Estava uma delícia, foi muito legal!

Amigos feitos em Floreal - SP

Pedalei até Pereira Barreto-SP, onde fiquei o meu primeiro dia só descansando, curtindo as praias fluviais do rio Tietê, sem bicicleta.
No dia seguinte fiz sua travessia.

De bicicleta na barreira do rio Tietê

Foi muito pedal até aqui!

Bem vindo ao Mato Grosso do Sul!

De Muriaé ao Mato Grosso do Sul de Bicicleta

Não foi tão fácil assim!

Chegando de Bicicleta em Tres Lagoas - MG

As férias já iam se encurtando, precisava me adiantar para conhecer o Pantanal.
Embalei a bicicleta e peguei um ônibus até Corumbá-MS, onde remontei-a.

Bicicleta Embalada

Na primeira noite em Corumbá-MS comecei a notar a forte presença dos bolivianos na cidade.

Bolivianos tocando violão e violino

E, no segundo dia, o primeiro contato real com o Pantanal.
Emocionado, senti alguns calafrios.

O Pantanal visto de corumbá

Bem diferente do que eu imaginava, não havia mata fechada!

O Pantanal visto do centro de corumbá

Corumbá me impressionou!

Neste mesmo dia, fui à Bolívia.

Fronteira do Brasil com Bolívia de Bicicleta

Conheci um pouco da cidade de Puerto Suarez.
Fiquei impressionado com o comércio agitado da gasolina mais barata.

Na Bolívia de Bicicleta

Voltei à Corumbá-MS e peguei a Estrada Parque do Pantanal.
Foram vários kilometros, várias pontes e alagados.
Sempre cercado pelos mosquitos.

Atravessando o Pantanal de Bicicleta

Jacaré já era amigo. Estava por toda parte.
Eu estava quase sozinho!

Jacaré do Pantanal

Tuiuiús enormes passavam por mim a todo tempo.

Tuiuiú do Pantanal

Mesmo com medo da onça, enfrentei uma grande tempestade e consegui chegar até o Porto da Manga, um vilarejo de pescadores na margem do Rio Paraguai.


A única pousada estava sem hóspedes, pois, janeiro é época da pesca proibida.
Fiquei em um quarto no térreo mesmo.
Mais tarde, sozinho no quarto escutei um motor parando e... lá se foi a luz!
O gerador do hotel é desligado em determinado horário.
Por minha sorte, a lanterna estava bem ao meu lado.

Mapa da estrada parque

Meu segundo dia no Porto da Manga foi num domingo.
Tive tempo de sobra para observar as embarcações...

Embarcações do Pantanal

ver grandes navios de minério descendo o Rio Paraguai...

Navio de Minério do Pantanal

consegui fazer amizade com muitos, conviver e até almoçar em uma casa sob palafitas...

Casas sob Palafitas

É difícil imaginar tudo isso alagado na época da cheia...

Porto da Manga alagado - Foto da internet

..o pantanal é um lugar único no mundo! No fim da tade me deparei com um pôr-do-sol inesquecível no Rio Paraguai!

Por do Sol no rio Paraguai
Conheci também o Peixe, uma pessoa que se destaca na vila por sua bravura e experiência pantaneira.
Fechamos a noite bebendo cachaça e trocando idéias até o gerador parar e terminar toda a luz.
Não havia silêncio! Milhares de sons, destacando-se os sapos.
Hora de dormir!

Amigos feitos no Pantanal

Na segunda-feira não havia mais farra!
Todos impecáveis ao trabalho. Notei quanto têm responsabilidade!
Eu, o único de férias ali, fiquei àtoa o dia inteiro.
Outro pôr-do-sol me deixou boquiaberto!

Por do Sol no rio Paraguai

Já havia pedalado muito! Depois da tempestade e o perrengue para chegar no porto da manga bastou pedaladas por alí.
Minha esposa e meus pais foram me buscar depois de 3 noites passadas lá. Descemos para Bonito-MS

Roteiro completo de bicicleta e carro
Só quem já viajou de bicicleta para saber o que eu senti.

A bicicleta, mesmo simples, não deu maiores problemas e se comportou muito bem!
Muitos me perguntam quantos pneus foi preciso... Na verdade, foi um só, e nem gastou!
Recomendo rolamento da roda traseira. Por causa do peso, a caixa de esferas ia gastando e a roda ficava bamba. Por isso fui de Muriaé até lá só com freio da frente.

Agradeço ao Rodoviário Líder pelo apoio!

Uma higiene mental! Experiência incrível!

Comentários

#12

Wilson

- campo grande ms - 21/10/15

muito bom sua aventura

#11

Nelson A Souza

- rio de janeiro - 19/10/15

Pque arabem muita saude fiquei feliz por vewr que tem pessoas

#10

Amanda De Sena

- 23/09/12

Oxente bichinho,tu é muito é doido

#9

Ricardo Bolognesi

- são paulo - 19/03/12

bike e viver sem fronteiras um grnde abraço de um viajante

É isso aí Ricardo!

Belas palavras...

Desejo boas viagens para você!

#8

Cassia Batalha

- Ubá - MG - 24/09/11

Adorei suas aventuras, lugares lindos.
Amei as fotos.

Que legal!
Ficamos felizes com sua visita e comentário!

Volte sempre...
Grande Abraço

#7

Rochério Marido Do Jorgee

- Guarapari - ES - 13/03/11

Ola Fabrício... E a bermuda ainda manchada (colada?) huahua. Bons tempos.Saudade dos pulões. Me casei com uma mina de MTS. Inclusive devo mudar par 3 lagoas... Continue vivendo, seu
exemplo da força pra gente tocar o barco.
Bjs na ....

#6

Tadeu

- madre de deus - 13/01/11

eu tambem ja peguei fotos e fiz uma montagem como esta , ficou muito bom as placas ainda tenho. fiz placas com cidades de todos os estados brasileiros adoro montagens

Que legal Tabeu. Faremos mais montagem brevemente, pois, estamos acumulando mais placas desse imenso país.
Um abraço

#5

Lucia

- São Bernardo do Campo - SP - 09/12/10

Parabéns pela iniciativa de compartilhar suas aventuras, somos aventureiros também, mas vocês nos superaram em sua força de vontade e coragem, fazemos também viajens de aventura, continuem com toda esta energia e que Deus abençoe suas viagens.Abraço!!!

Lúcia, sua visita é um grande prazer para nós! Mais aventureiros por aqui!


Gostamos mesmo de conhecer e compartilhar nossas aventuras...
Obrigado pela força!
Continuaremos a conhecer!

#4

Alexandre Moura

- Porto Alegre-RS - 11/09/10

Buenas tchê!!Parabéns pela coragem de realizar seu sonho,esse tipo de aventura realmente é muito gratificante para quem faz..sou um aventureiro tbm,mas de Moto..rsrs..As vezes saiu sem rumo e decido para q lado vou na estrada mesmo..e quero te dizer q meu sonho é atravessar o brasil saindo aqui de Porto Alegre até as preias do nordeste..parabéns tbm pelo site..Um grande abraço e fique com DEUS

#3

Leandro

- Campo Grande - MS - 20/05/10

Cara, extraordinário....
Tenho muita vontade de fazer este passeio de buggy e morro de medo, isso é porque sou de Campo Grande - MS, mais deve ter sido uma experiência e tanto hein....
Abraço e parabéns.....

Carlos Wesley, foi sim, uma experiência e tanto!
Não precisa ter medo! O povo trata o cicloturista muito bem! Cheguei até almoçar em alguns lugares e o pessoal nem deixava eu pagar.

O Pantanal é lindo! Só cuidado para não pegar estrada anoitecendo!

Obrigado pela visita!

#2

Carlos Wesley

- Andradina - SP - 05/05/10

Valeu garoto.
Você deve ter passado pela minha cidade: Andradina-SP, antes da divisa com MS, Três Lagoas.
Abração.

Olá Carlos Wesley!

Passei por Andradina sim! Até almocei aí no centro da cidade... um lugar muito legal, cidade do Rei do Gado né?

Grande Abraço!!!

#1

Alice

- Muriaé - 08/02/10

Adoreiii o site!!!! As fotos... tudo!!!! Acho (na verdade, tenho quase certeza!!!!) que nunca irei fazer um passeio como este seu de bicicleta... mas achei um barato!!!


Deixe sua Mensagem










Aguarde, enviando comentário...
 

 

 

 

 
 
   
 
 

Lugares Relacionados