Warning: mysql_connect() [function.mysql-connect]: Lost connection to MySQL server at 'reading initial communication packet', system error: 111 in /home/verdejava/www/banco.php on line 3

Warning: mysql_select_db() [function.mysql-select-db]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/verdejava/www/banco.php on line 4

Warning: mysql_select_db() [function.mysql-select-db]: A link to the server could not be established in /home/verdejava/www/banco.php on line 4

Placa Educativa - Sob neblina reduza a velocidade

Parque do Itatiaia
Parque do Itatiaia - Pedra do Altar
Pedra do Altar


 -


 -



Escolha  -  como seu destino turistico na sua viagem!


 -

ecofotos.jpg
EcoFotos - Viaje pelo Mundo

catálogos ecologicamente correto
Tiendeo - Ofertas e catálogos online - menos papel
Planeta Verde

Adesivo Verde - Plante Árvores


Flag Counter

Morretes

Morretes é um município brasileiro na região litorânea do estado do Paraná.

Localização

Localização Geográfica de  Morretes
Latitude -25.477299 -25º 28' 38''
Longitude -48.834162 -48º 50' 03''





Atrativos Turísticos
CachoeiraTerminal FerroviárioMontanhaMuseuArquitetura Religiosa
ArtesanatoTurismo RuralHotelRestauranteFestas Populares





Como Chegar

Morretes está a 68 km de Curitiba, a capital do Paraná.

Placa indicando a entrada da Estrada da Graciosa

De carro, o jeito mais legal de chegar na cidade é pela Estrada da Graciosa.

A descida para Morretes no inicio da Estrada da Graciosa

Este acesso é feito através da BR-277.

Morretes

O Portal da estrada dá boas vindas ao visitante!

Portal da Estrada da Graciosa descendo para Morretes

O caminho é muito verde, rodeado de uma densa mata atlântica!

PR-410 - Caminho da Graciosa

A estrada é bem estreita.
Somente veículos leves ou micro-ônibus podem transitar nela.

Placa da PR-410 - Caminho da Graciosa - Trafego permitido somente para veiculo leves e micro-onibus

Veículos pesados podem chegar em Morretes através da BR-277,
a rodovia duplicada que liga Curitiba a Paranaguá

BR-277 - A rodovia duplicada que liga Curitiba a Paranaguá

A Cidade

A cidade estende-se da encosta da Serra do Mar para o litoral paranaense.

A estrada para chegar em Morretes

Seu nome tem origem geográfica,
em referência aos pequenos morros (morretes), que circundam a sede municipal.

Os morros das montanhas de Morretes

Esta denominação remonta ao tempo de sua primitiva colonização.

O antigo cemitério de Morretes

O muro do cimitério de Morretes

O Município de Morretes é cidade histórica encravada aos pés da Serra do Mar.

A igreja católica histórica em Morretes

A partir de 1646, com a descoberta de jazidas de ouro,
a região passou a ser ocupada por mineradores e aventureiros da cidade de São Paulo.

Casinha antiga de madeira

A cidade foi fundada em 1721 e a maior impressão é a de que a cidade parou no tempo.

Uma das cassa históricas em Morretes

Morretes vem se esforçando e se desenvolvendo no turismo e lazer.

Ruas de pedras arborizadas de Morretes

As praças aconchegantes demonstram o bom gosto da decoração local.

Uma das praças bonitas e arborizadas de Morretes

Praça da estação Ferroviária de Morretes

A cidade é composta de ruas elegantes, feitas com pedras e muitas árvores.

Uma das ruas principais de Morretes

Rua de Pedras em Morretes

 



Uma das ruas de pedras e uma das pontes de Morretes

Alguns casarões são encontrados pela cidade em ótimo estado de conservação.

Um Casarão Histórico de Morretes

Casa antiga na cidade de Morretes

Em 1º de março de 1841, Morretes foi elevada à categoria de município,
com território desmembrado de Antonina.

Monumento histórico da prefeitura municpal de Morretes

A instalação oficial se deu no dia 5 de julho de 1841.
Preservar algumas fachadas de casas antigas é uma tradição local.

Uma fachada antiga de uma casa em ruínas

No período de 1811 a 1832, o comércio sobrepujou todas as demais atividades em Morretes.

Uma indústria no município de Morretes



 

A Estrutura

Morretes é uma cidade com capacidade e conteúdo para receber muitos turistas.

Fachada do Armazém do Artesanato

Armazém do Artesanato - Morretes

O terminal rodoviário faz as conexões com a capital e cidades vizinhas.

Terminal rodoviário de Morretes

O comério local é bem variado com muitas lojinhas, restaurantes e bares.

Armazem Romanus Restaurante em Morretes

Salão Capricho Unisex

Lanchonetes que servem sanduíches também são vastamente encontrados por lá.

Hamburguer comprado na lonchonete em Morretes

A rede hoteleira oferece desde pousadas simples até hotéis mais sofisticados.

Porto Real Palace Hotel em Morretes

Sala de estar do Hotel Porto Real

Há também hotéis em casarões históricos, como o Hotel Nhundiaquara.

Hotel Nhundiaquara na beira do rio em Morretes



 

O Turismo

No centro, os destaques principais são as construções históricas.

Rua histórica do centro de Morretes

Todas estão bem-preservadas e algumas abrigam museus e espaços culturais.

Casa histórica no centro de Morretes

A noite oferece também várias opções com cardápios variados.

Um dos restaurantes no centro

Morretes é também reconhecida pela sua gastronomia.

Rota do Sol Restaurante

Seu recohecimento é merecido por um prato em especial: o Barreado!

Panela de Barreado

O prato, de origem açoriana,
começou a ser preparado no século 17 e desde esta época preserva todo um ritual.

O Prato de Barreado

O Barreado é uma espécie de ensopado de carne cozido por vinte horas.
É muito gostoso!

Prato de Barreado Vazio



 

Passeio de Trem

Esta ferrovia é considerada por muitos uma obra de arte!

O trem que faz a linha de Curitiba a Morretes na beira do penhasco

Ela começou a ser construída no ano de 1880.

Os trilhos do trem de Morretes

Sua construção foi um grande desafio por seu trajeto sinuoso pela Serra do Mar.

O tem que liga Morretes a Curitiba entrando em um tunel - Foto by renato weil

Era considerada por muitos engenheiros da época de ser impossível de ser construída!
Ela foi concluída em 1885.

Funcionários do Terminal Ferroviário de Morretes

Hoje as atividades da ferrovia se dividem entre o turismo e o transporte de cereais e minerais,
uma vez que desemboca no importante Porto de Paranaguá.

Vagões de carga no trem que desce a Serra da Graciosa

A viagem Curitiba x Morretes de trem,
atualmente é considerada uma das mais famosas e belas viagens de trem do Brasil.

O vagão de passageiros que faz a linha ferroviária de Curitiba a Morretes

São 110 km de extensão que passam pela área mais preservada da Mata Atlântica.

O Maquinário do trem que faz a linha de Morretes a Curitiba

No total, são mais de 13 túneis, 30 pontes e vários viadutos.

Um dos túneis que passa o trem que liga Curitiba a Morretes

Há preços diferenciados para os diferentes tipos de vagões.

O trem chegando lotado de turistas em Morretes

Diariamente há trens partindo de Curitiba para Morretes.
Aos domingos o trem vai até Paranaguá.

Dentro do Terminal Ferroviário de Morretes

O terminal Ferroviário de Morretes é bem preparado para receber os turistas.

Terminal Ferroviário de Morretes

A frente do terminal Ferroviário de Morretes

A viagem dura aproximadamente 3 horas.
Vans e ônibus esperam os turistas que não querem fazer o trajeto de volta de trem.

Vans e ônibus esperando os turistas que não querem voltar de trem

O Rio Nhundiaquara

O Nhundiaquara nasce a partir da confluência dos rios São João e Ipiranga.

Placa do Rio Nhundiaquara e uma ponte

Suas nascentes estão localizadas a 1.400 metros de altura, dentro da Serra do Marumbi.

Belezas do Rio Nhundiaquara

O significado de Nhundiaquara é: "nhundia" = peixe e "quara" = empoçado ou buraco

O significado de Nhundiaquara

Seu comprimento, desde a confluência em que nasce, até a foz da baia de Antonina,
tem uma distancia de 37 quilômetros.

O rio de águas cristalinas que passa na cidade de Morretes

O seu leito, por alguns trechos, percorre paralelamente a estrada histórica da Graciosa...

Rio Nhundiaquara em ZMorretes

...e corta ao meio a cidade turística de Morretes!

Grande Calçadão no rio Nhundiaqura em Morretes

A foz deste rio fica na cidade de Antonina

O rio que passa no centro de Morretes

Ele é um dos grandes responsáveis pelo turismo em Morretes.

Rio Nhundiaquara na cidade de Morretes

Em uma grande fração inicial do rio,
o seu leito e preenchido por pedras e rochas de circunferências variadas.

Águas cristalinas do Rio Nhundiaquara

em grande parte dos seus 37 km,
permite-se a prática de esportes como canoagem, rafting, bóia-cross e pescarias.

Pessoas tomando banho no rio

O Rio Nhundiaquara é uma grande referência econômica para o município.

Casas históricas e elegantes na beira do rio em Morretes

Este rio é extremamente limpo!

Criança na beira do rio em Morretes

Adultos e crianças tomam banho no rio que corta toda a cidade.

Crianças tomando banho no rio que corta a cidade de Morretes

Em vários pontos da cidade, há escadas que levam as pessoas até a beira do rio.

Pessoas nos Decks que acessam o Rio Nhundiaquara em Morretes

Há também algumas pontes que dão acesso ao outro lado da margem.

Uma das pontes no centro de Morretes

Algumas contam com estruturas típicas que dão um charme a mais a esta querida cidade!

Ponte sobre o Rio Nhundiaquara em Morretes



Comentários


Deixe sua Mensagem










Aguarde, enviando comentário...
 

 

 

 

 
 
   
 
 

Lugares Relacionados